fbpx

Tudo o que você precisa saber sobre o câncer de próstata

26 de novembro de 2021 0
tudo-o-que-voce-precisa-saber-sobre-o-cancer-de-prostata-1200x900.jpg

O Novembro Azul é um movimento internacional que tem como objetivo a conscientização para a prevenção e diagnóstico das doenças que acometem a população masculina, entre elas o câncer de próstata.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), estimam-se 65.840 novos casos de câncer de próstata para cada ano do triênio 2020-2022.

Segundo esses valores, pode-se considerar um risco de 62,95 novos casos a cada 100 mil homens.

Com isso, o câncer de próstata destaca-se como a segunda maior neoplasia que causa morbidade e mortalidade no sexo masculino, ficando atrás apenas dos tumores de pele não melanoma.

Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), o rastreamento da doença é feito pelo exame de sangue (PSA) e do toque retal, e deve ser realizado por todos os homens a partir dos 50 anos e para afrodescendentes ou que possuem história de câncer da próstata na família, a partir dos 45 anos.

Considerando a importância do diagnóstico precoce para detecção da doença e maior chances de cura, desenvolvemos um conteúdo para falar mais sobre esse tipo de neoplasia. Confira!

O que é câncer de próstata?

O câncer de próstata é um tumor que afeta a próstata, um órgão pequeno do sistema reprodutor masculino, localizado na parte baixa do abdômen, abaixo da bexiga e à frente do reto (parte final do intestino grosso).

Assim, apresenta como principal função a produção de um líquido que compõe parte do sêmen, tendo como finalidade a nutrição e proteção dos espermatozoides.

Por mais que o câncer de próstata seja uma neoplasia muito comum, o medo e a vergonha na realização do exame de toque retal acabam promovendo um diagnóstico tardio da doença, interferindo na possibilidade de cura.

Quais são os fatores de risco?

O principal fator de risco para desenvolvimento do câncer de próstata é a idade, levando em consideração que sua incidência e mortalidade aumentam significativamente a partir dos 50 anos.

Além disso, existem outros fatores de riscos conhecidos, tais como:

  • Histórico familiar;
  • Fatores genéticos hereditários;
  • Obesidade e sedentarismo;
  • Tabagismo;
  • Exposições a materiais tóxicos específicos.

Sinais e Sintomas

O câncer de próstata apresenta uma evolução silenciosa quando está em sua fase inicial.

Dessa forma, é difícil os homens apresentarem algum sintoma e, quando apresentam, assemelham-se aos do crescimento benigno da próstata, conhecida como HPB (Hiperplasia Prostática Benigna).

De acordo com dados publicados no site do Ministério da Saúde, quando os sintomas começam a aparecer, cerca de 95% dos tumores já estão em fase avançada. Na fase avançada, alguns dos sintomas são:

  • dor óssea;
  • dores ao urinar;
  • vontade de urinar com frequência;
  • presença de sangue na urina e/ou no sêmen.

Como os sintomas são confundidos com o aumento benigno da próstata, a Hiperplasia Prostática Benigna, ou mesmo com a Prostatite, uma inflamação ou infecção da próstata, é fundamental que os exames preventivos sejam realizados para que ocorra um diagnóstico precoce da doença e o tratamento possa ser iniciado o quanto antes.

Diagnóstico do câncer de próstata

Como vimos, os sintomas da doença apresentam-se na fase avançada ou estágio metastático do tumor.

Desse modo, a forma que possibilita melhores resultados de tratamento é a realização do diagnóstico precoce.

Considerando o câncer de próstata, os exames realizados são o de toque retal e exame de sangue para avaliação dos valores e dosagem do PSA (antígeno prostático específico).

Muitos homens ainda se sentem desconfortáveis com o exame de toque retal, um procedimento simples e rápido, além de importante ferramenta para a detecção e avaliação do estadiamento do câncer de próstata.

Já o PSA, é uma proteína produzida pelas células da próstata, que pode ser detectada através de um exame de sangue específico.

Com isso, torna-se um importante marcador no rastreamento e acompanhamento desse tipo de neoplasia.

A realização de biópsia é indicada conforme resultado dos valores do exame de PSA e avaliação do toque retal.

Tratamento

Após a avaliação médica será indicado o melhor tratamento, analisando sempre os riscos e benefícios para cada paciente.

Prevenção

Lembre-se de cultivar sempre hábitos saudáveis, não deixando que o medo e o preconceito sejam barreiras no cuidado integral da sua saúde!

Confira as principais formas de prevenção e não deixe de procurar um médico para realizar os seus exames de rotina!

 

  • Tenha uma alimentação saudável;
  • Peso corporal adequado;
  • Evitar o consumo de álcool;
  • Não fumar;
  • Fazer regularmente os seus exames de rotina;
  • Consultar sempre o urologista.
  • Esses são alguns detalhes na rotina capazes de auxiliar na manutenção da sua saúde de forma positiva. Você pode e deve se cuidar!

 

Um dos valores do CON é promover a educação, a prevenção e a conscientização de maneira constante.

 

Durante todo o mês de novembro, a campanha Novembro Azul no CON divulgou diversos conteúdos fundamentais para alertar a população masculina a respeito da prevenção e detecção precoce câncer de próstata.

 

Além da informação qualificada, o objetivo é também cooperar com a extinção de alguns tabus e preconceitos que comprometem a nossa saúde e, por vezes, inviabilizam as formas de identificação da neoplasia.

 

Que tal compartilhar essas informações com os homens da sua vida?

 

Agendamento de consulta

 

 

 

 


Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. * Campos obrigatórios


O CON faz parte da:

CON - Oncologia, Hematologia e Centro de Infusão - Todos os direitos reservados Copyright 2021